quarta-feira, 3 de setembro de 2014

Contra o racismo, punição inédita!!!

Esse blog já fez reflexões sobre a questão do racismo pelo menos umas três vezes, nesses cinco anos de existência. Gostaríamos de não ter feito nenhuma.

Infelizmente, o assunto poderia ter sido muito mais tematizado, se levarmos em consideração as ocorrências quase diárias de fenômenos racistas que se apresentam no cotidiano, e que tomamos conhecimento, seja no âmbito geral, seja no espaço específico do "mundo do esporte".

Na semana passada, a torcida gremista, pela Copa do Brasil, protagonizou mais um episódio dessa "novela" que parece não ter fim, apesar de termos mais de cem anos da abolição da escravatura.

Lembro-me agora, de memória, uma frase do Einstein: é mais fácil quebrar um átomo do que o preconceito. Parece fazer muito sentido nesse momento.

Os insultos racistas foram dirigidos ao goleiro Aranha, atleta do Santos Futebol Clube. Junto aos palavrões, gestos protagonizados por um grupo de torcedores, imitando o que seria um macaco, também fizeram parte da cena.

Imagem retirada do Observatório Feminino

Ficamos sabendo agora que o Grêmio foi punido. O Superior Tribunal de Justiça Desportiva, excluiu a agremiação da Copa do Brasil, além de obrigá-la a pagar uma multa de R$ 50 mil reais. O clube ainda pode recorrer, já que a decisão é em primeira instância.

O árbitro e os torcedores também foram punidos. O primeiro por não ter escrito nada na primeira versão da súmula ao final da partida, tendo ele ciência do fato que foi relatado pelo próprio Aranha. Ele terá que pagar uma multa de R$ 800,00 (oitocentos reais) e ficará suspenso por 45 dias.

Já os torcedores que protagonizaram as atitudes racistas e que foram identificados, serão afastados de qualquer espaço esportivo por 720 dias.

Importante pontuar que essas punições são inéditas nos anais da história do futebol no mundo

4 comentários:

Danilo Cardoso disse...

Em relação a matéria tio , parabéns. ..realmente não deveria haver mais espaços para o preconceito... Em relação a punição ao Grêmio, achei muito rigorosa. ..inclusive o mesmo ajudou nas investigações de achar os "torcedores" envolvidos no episódio , e independente disso...Já pensou se em um barradão lotado , se infiltram 5 , 6 torcedores de outro clube q não seja o Vitória e começa a agredir jogadores com palavras de baixo escalão e etc....minha opinião, acho q não foi justo a exclusão do campeonato. ..abraços

Vitor Lima disse...

É lamentável se deparar com esse tipo de atitude em pleno século XXI. Esses indivíduos que cometem tais hostilidades merecem com toda certeza esse tipo de punição. Que sirva de exemplo !!!

Lito Oliveira disse...

Casos como o do Goleiro Aranha devem servir de exemplo, para o futebol mundial.

Ivy Guedes disse...

prezado amigo. Vou tentar elaborar novamente minha reflexão pois perdi o texto que fiz ontem p comentar seu blog. Sim não é primeira vez que você reflete sobre o racismo no meio esportivo, também lamento por vezes ter que atuar com tanto desgaste sobre essa mesma sina. O Racismo é um câncer social. O estigma recai frequentemente sob aqueles da pele mais escura e dos cabelos mais crespos. Mas a luta para combater esse mal está ganhando força, sou eu é você são os intelectuais públicos assumindo que essa luta não é só do Movimento Negro. Por isso SOU O QUE SOU PELO SOMOS (UBUNTU) Tamujuntu.