sexta-feira, 8 de abril de 2011

Racistas e homofóbicos somos "todos"

Esta semana foi eivada de atitudes preconceituosas tanto no "mundo" da política como, também, no "mundo" dos esportes. Racismo e homofobia se encontraram, deram-se as mãos e mostraram as faces de um mundo que ainda precisa caminhar muito para resolver o problema do tão propalado e tão pouco praticado discurso sobre o respeito às diferenças.

Em um jogo amistoso da seleção "brasileira", o atleta de futebol, Neymar, foi vítima de ato racista. Torcedores do selecionado escocês, que estavam presentes no Emirades Stadium, jogaram uma casca de banana e chamaram o jogador de macaco. Atletas da mesma modalidade esportiva em outros tempos e lugares, tais como Grafitte e Roberto Carlos, também já foram alvos deste tipo de atitude, entre outros.

Mas não é só no futebol que essas atitudes preconceituosas se expressam. Em um recente jogo de voleibol realizado na cidade de Contagens, Minas Gerais, entre os times Volei Futuro e Cruzeiro, o atleta do Volei Futuro, Michael dos Santos, foi impiedosamente atingido pelo preconceito dos mineiros que os "xingavam" de "bicha", "gay" e outros nomes de altíssima carga pejorativa, segundo o próprio jogador.

Se isso não bastar para expressar o nosso estado de primitiva convivência com o "outro", a dobradinha entre os deputados Marco Feliciano (PSC) e Jair Bolsonaro (PP) pode ser utilizada para completá-lo. O primeiro  afirma em seu Twitter "que os africanos são descendentes de um ancestral amaldiçoado por Noé" e que sobre o continente "repousa a maldição do paganismo, ocultismo, misérias, doenças oriundas de lá: Ebola, Aids " e até, pasmem, a fome. Segundo o pastor, um evangélico da pentecostal, "a suposta maldição pode ter sido resultado de uma relação homossexual". (Carta Capital, 06 de abril de 2011, p. 20).

Já o Bolsonaro fez de um, tudo. "Fez elogios ao regime militar, defendeu a tortura, atacou a política de cotas raciais e os homossexuais" e assumiu, só para variar um pouco, uma atitude racista ao responder uma pergunta direcionada pela cantora Preta Gil, quando a mesma "perguntou qual seria sua atitude caso o filho se apaixonasse por uma negra". Resposta: "Não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Meus filhos foram muito bem educados, e não viveram em ambientes como lamentavelmente é o seu". (idem)

Mas antes que atiremos a primeira pedra, é importante trazer à tona uma pesquisa do Sesc e da Fundação Perseu Abramo, publicada pela revista Carta Capital, 02 de março de 2011). Nesta pesquisa, realizada em agosto do ano passado e respondida por "3. 546 eleitores de ambos os sexos em todo o país", qualquer um "que se declare a favor da legalização do aborto e da maconha, que diga não acreditar em Deus ou que professe religiões afro-brasileiras", tem um grande número de rejeição por parte dos eleitores brasileiros, o que comprova um perfil extremamente conservador dos mesmos. "A pesquisa mostra que ainda existe um conservadorismo grande em termos de valores morais e comportamentais".

Em tempo: tramita, no senado da república, o Projeto de Lei Complementar de número 122. O mesmo torna crime a discriminação de homossexuais, idosos e deficientes. Detalhe importante. O mesmo "passeia" pelos corredores entre arquivamentos e desarquivamentos há nada mais, nada menos, do que dez longuíssimos anos.

Conclusão: ao que parece, pelos dados apresentados, muitos de nós, mesmo que silenciosamente, estamos fazendo coro com as torcidas dos escoceses e mineiros e andamos de mãos dadas com os Felicianos e Bolsonaros da vida desta pobre res pública.

Em síntese, racistas e homofóbicos somos "todos".

13 comentários:

Lordêllo disse...

Pois é, muito mais que a surpresa das infelizes declarações dos deputados Marco Feliciano (PSC) e Jair Bolsonaro (PP), é saber que os mesmos são representantes do povo. Somos "nós" que votamos e os elegemos como nossos representantes. Resta saber agora, se irá mais uma vez ficar o "dito pelo não dito" e acabar em pizza.

Welington disse...

Pois é, Lordêlo. E olhe que o Bolsonaro não é nenhum réu primário em relação a estas condutas. Inclusive, o mesmo, na saída do velório do ex vice-presidente José Alencar, sai com esta: "Estou me lixando para o movimento gay. O que eles têm para oferecer? Casamento gay? Adoção de filho por gay? Nada disso acrescenta nada".

Anônimo disse...

O Brasil mostra a sua cara através de seus representantes políticos...


Glória

Cibele Aguiar disse...

Estimado Welington, após ouvir algumas opiniões desastrosas de apoio à Ditadura militar entre estudantes de Direito, recorri ao seu texto como forma de reflexão para a turma e na esperança de que suas palavras possam "iluminar" alguns daqueles que se propõem a fazer parte da Justiça deste país. Espero que não se importe, obviamente foram citados autor e blog, inclusive com link para que pudessem verificar e "beber" na fonte. Seu texto foi copiado para o Blog: http://direitofsba2011.blogspot.com/

Agradeço imensamente,

Abraço!

Anônimo disse...

Bom dia meu amigo, quanto tempo.
Como você está vendo esse inicio de ano nos estaduais, libertadores e copa do Brasil.
Vamos voltar os contatos, eu estava com o tempo apertado, mas agora está tudo bem.
Bom dia e sucesso no seu blog.
E que DEUS abençoe você e toda a sua família.

Meus amigos , tem novidades no meu blog.
= Técnico de futebol no Brasil.
= Taça Libertadores e suas dificuldades.
Peço que leiam o meu blog, e que façam a divulgação. A ajuda de vocês que já conhecem o blog é muito importante.
Nome Rivelino.
http://rivelinosantos.wordpress.com/
E MAIL ( rivelino.futebol@yahoo.com.br )

Welington disse...

Cibele. Que bom vê-la, mais uma vez, contribuindo com o espaço e com o blog. Muito obrigado. Sempre pergunto por vc ao AD. Sobre a questão da ditadura, a revista Carta Capital vem trazendo muitas reportagens interessantes sobre o tema. A última, da semana passada, a matéria de capa foi "O FANTASMA FARDADO". Vale muito a leitura, não só dessa em especial, mas de muitas outras. Inclusive, indico a mesma como leitura para todos que procuram un semanário para se informar sobre o país e o mundo. Continuamos firme na luta. Abraços fraternos.

Anônimo disse...

Vergonhosamente ainda insistem em raspar do fundo da sepultura as sobras de um periodo marcado pela barbárie, pela violência contra os direitos humanos, em especial o direito a liberdade. Vergonhosamente, parlamentares desavergonhados, pagos com dinheiro público, insistem em impor padrões morais aumentando ainda mais o fosso das diferenças e empurrando a sociedade para um conflito desnecessário.

Anônimo disse...

Welington, eu fiz um comentário no blog de JUCA KFOURI e recomendei o seu blog.
Segue abaixo o comentário.

“OAB quer grupo para acompanhar gastos com a Copa”

*
rivelino santos rocha disse:
O seu comentário está aguardando moderação.
12/04/2011 às 9:55 AM

Belíssima iniciativa, é disso que nós brasileiros precisamos. A ( OAB ) tem que entrar nessa questão, usando a lei que permite iniciativas como essa. Nós já estamos cansados dessa situação, tudo vai para a conta da população.
Sei que muitos são a favor de Copa do Mundo no Brasil, mas nós vivemos em um país democrático, e a opinião de cada cidadão tem que ser respeitada.
Mas as coisas não pode ser feita de qualquer forma. Estou recomendando um blog de um grande amigo e muito inteligente, a formação cultural e acadêmica dele é fantástica, quem sentir o desejo de visitar o seu blog segue o endereço.
http://esportemrede.blogspot.com/
Muito obrigado.

Meus amigos , tem novidades no meu blog.

=OS PROBLEMAS DE GESTÃO NO FUTEBOL BRASILEIRO.

Peço que leiam o meu blog, e que façam a divulgação. A ajuda de vocês que já conhecem o blog é muito importante.

Nome Rivelino.
http://rivelinosantos.wordpress.com/
E MAIL ( rivelino.futebol@yahoo.com.br )

ricardoqbr disse...

Caro amigo,
Como podemo classificar a recriminação a alguém que possuí uma opinião diferente da nossa?

Segue abaixo uma opinião bem interessante sobre o tema, não são minhas as palavras, mas concordo em plenitude com seu conteúdo.

Debate sobre Jair Bolsonaro (PP):
Apesar de toda sua arrogância, preconceito e intolerância, ele conseguiu trazer à sociedade uma discussão que há muito tempo veio se camuflando, como aquela sujeirinha escondida embaixo do tapete de casa. Pessoas como ele tem que existir, sempre existiu e continuarão existindo em qualquer sociedade, democrática ou não. O barato da sociedade democrática é justamente o de RESPEITAR as opiniões diversas e DIALOGAR o assunto com RESPEITO e SENSATEZ. A pergunta que fica: e o que fazer com pessoas intolerantes como ele? responder com o próprio veneno? com a intolerância? O que os grupos mais excluídos da sociedade pregam é justamente a TOLERÂNCIA e a aceitação a eles, então porque responder com INTOLERÂNCIA? violência GERA violência assim como intolerância GERA intolerância e exemplos não faltam pelo mundo (vejam o caso da Palesina por exemplo). A sociedade para evoluir sempre irá se deparar nesse ponto, e é justamente nesse ponto que o BRASIL está. Façam suas escolhas! Eu sempre optarei pelo DIÁLOGO AMPLO E IRRESTRITO! PAZ e AMOR a todos! "Julio Augusto"

Tudo que é conquistado pela força, pela força será perdido...
Não podemos nos zangar com o ignorante, cabe as pessoas esclarecida auxilia-los, principalmente pelo exemplo.

Elson Moura disse...

Olá Ricardo, Welington e demais companheiros!!
Dialogando com Julio Augusto (apud) Ricardo.
Tenho total acordo de que homofobia, racismo e outras aberrações existem em nossas cabeças, em nossos lares etc. É hipocrisia tentar negar isso.
Por outro lado não posso jamais concordar com o "sempre existiu e continuarão existindo em qualquer sociedade, democrática ou não". Isso não tem sustentação alguma. Mais que isso, é mentira.
É desconhecer a história da humanidade ou, pelo menos, conhecer uma parte muito restrita desta. A História, antropologia e arqueologia nos brindam - a cada dia- com novos conhecimentos que mostram que a história da humanidade contém sua maior parte realizada num sociedade sem classes (por volta de 100 mil anos atrás), onde diferenças existem, mas não eram justificativa para atitudes como estas - ainda falarei delas.
Apenas por volta de 10 mil anos que a sociedade se cindiu em classes e as diferenças foram ponto de apoio para a exploração do homem pelo homem. Ou seja, nem sempre existiu. Opiniões como a do Julio servem para conformar nossas idéias: " é...não tem jeito...sempre foi assim e sempre será".
A opinião do Bolsonaro tem materialização afinal as idéias alcançam poder material. Nazismo, Apartheid, Kul Klux Klan, etc. partiram APARENTEMENTE de uma idéia tal qual a do Bonsonaro.
"Aparentemente" pois em última instância o que determina é a forma social como os homem produzem e reproduzem a vida. Não sei se vocês sabem, mas a forma hegemônica de amar na Grécia antiga eram entre os iguais; ou seja, eram entre homens livres (to falando de homem, sexo masculino). Lá não tinha esta homofobia (ou seja, nem sempre foi assim)
Enquanto Bonsonaro tem idéias racistas e homofobias, ele que se...
Mas se isto tiver um desdobramento prático (e tem!), o que faremos? RESPEITAREMOS EM NOME DA "tolerância", "liberdade de opinião", Democracia (ô palavrinha mal utilizada!)?
Ps: Israelenses e Palestinos sempre viveram em consenso, bastou a intervenção Imperialista para o conflito se imperar e o ódio se propagar (vamos estudar a história).
Ps 2: Uma resposta ATIVA a um ato de violência, não deve ser identificado como violência. TODO OPRIMIDO TEM O DIREITO DE SE DEFENDER (frase de um militante Palestino).
Welington!! O blog foi citado em Florianópolis. Ta quase internacional...
Abraços a todas e todos!!

Anônimo disse...

COMENTÁRIO DE RIVELINO PARA O BLOG DE PERRONE.
Prefeitura e governo apresentam pacote de boas notícias para estádio corintiano
BLOG DE PERRONE.
A boa noticia é que a região vai ganhar com isso, mas a má noticia é que estão favorecendo uma região somente para facilitar a construção do estádio.
Eu não sou contra aos investimentos para a Copa do Mundo , eu sou contra é a aplicação do dinheiro público somente em locais destinados para a Copa do Mundo.
O país é muito grande e a população que não está morando em cidades cedes, ou em bairros que não estão próximos aos estádios da Copa como é que fica ?


Meus amigos , tem novidades no meu blog.
= OS CAMPEONATOS ESTADUAIS PEDEM SOCORRO.
= OS INVESTIMENTOS NAS DIVISÕES DE BASE.
Peço que leiam o meu blog, e que façam a divulgação. A ajuda de vocês que já conhecem o blog é muito importante.
Nome Rivelino.
http://rivelinosantos.wordpress.com/
E MAIL ( rivelino.futebol@yahoo.com.br )

juli disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
juli disse...

Profº Welington,seu trabalho tem sido cada vez mais enriquecedor, abordando sempre temas complexos que estão impregnados na sociedade, nos levando à reflexão dos mesmos. Concordo com o Profº Elson, esse que também nos proporciona acesso as problemáticas do cotidiano; com atuação de excelência vocês compõem o corpo docente da UEFS. Realmente a hypokrisía está presente em exclamações como: não sou preconceituoso! Nós temos sim algum tipo de preconceito em relação a algo, situação, alguém, só que há omissão, essa se dá ou não de acordo com vivências ou meio em que estamos inseridos. Em relação aos nossos representantes legais, expuseram suas "opiniões" de forma agressiva e desrespeitosa sim, por acreditarem que tem O PODER e assim podem exercer o legado da monstruosidade sóbria. Cabe a nós civis esclarecermos quem realmente são os problemas da sociedade... ELES e todos os covardes que não se resolvem como seres humanos tal frustração, descontam em seres humanos comprometidos consigo mesmos buscando realizar- se em cada atitude, inclusive no comprometimento com a sociedade exercendo seus deveres e na busca por seus direitos.