domingo, 12 de dezembro de 2010

Corrupção Esporte Clube

Em 22 de novembro do corrente ano postamos um texto neste espaço intitulado Por que o espanto? onde ecoávamos informações obtidas em outros veículos jornalísticos sobre o fato do senhor Ricardo Teixeira ser beneficiado com 100% do capital relacionado a toda e qualquer transação envolvendo a Copa do Mundo de futebol que será realizado no Brasil no ano de 2014, já que o mesmo é presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e do Comitê Organizador Local (COL) da Copa do Mundo de 2014.

Eis que justamente na semana em que a capital do país, Brasília, sedia um encontro internacional contra a corrupção e a primeira corrida Venceremos a Corrupção, eventos promovidos pelas entidades Barômetro da Corrupção Global e ONGs (Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), Contas Abertas, Instituto de Fiscalização e Controle (IFC) e Comunidade de Inteligência Policial e de Análise Evidencial (Cipae) juntamente com centenas de outras entidades), respectivamente, a revista Carta Capital aborda uma matéria na página 38 e 39 da sua edição de número 625 sobre o senhor Ricardo Teixeira.

A reportagem, assinada pelos jornalistas Bruno Huberman e Ricardo Carvalho informa que "A britânica BBC vincula o presidente da CBF à milionária rede de corrupção". Segundo a reportagem que foi levada ao ar pela rede de televisão londrina (só mesmo por lá pode-se assistir a este tipo de matéria), "revelou uma lista secreta com 175 pagamentos de propina feitos pela empresa suíça de marketing esportivo ISL, num total de mais de 100 milhões de dólares. Segundo a planilha, Teixeira teria recebido cerca de 9,5 milhões de dólares entre 1992 e 1997 por meio da empresa de fachada Sanud, com base no paraíso fiscal de Liechtenstein", pequeno principado localizado entre a Áustria e a Suíça.



Em 2001, quando foi finalizada a CPI do Futebol, um marco na investigação sobre a corrupção no futebol brasileiro, que não deu em nada, evidentemente, esta mesma empresa, Sanud, apareceu colada ao nome do senhor Ricardo Teixeira, que na época, se condenado, poderia pegar um mínimo de nove anos de cadeia, uma piada, já que não se trata de morador do Complexo do Alemão e nem da Vila Cruzeiro.

Um outro nome que aparece na lista dos subornados é o do ex-presidente da FIFA, o senhor João Havelange. "O documento mostra 1 milhão de dólares destinados a um item denominado 'garantiaJH'. Havelange já havia sido centro de outro escândalo, quando, em 1998, 1 milhão de francos suiços da ISL [olha ela aí de novo] caíram por engano na conta da Fifa, quando o destino seria a conta pessoal do cartola(...)".

Só para relembrar, os crimes que envolvem o senhor Ricardo Teixeira e que foram expostos pela CPI do Futebo vai desde apropriação indébita (7 milhões de reais em salário da CBF, além de usar dinheiro da entidade para pagar advogados para suas próprias causas), passando pela evasão de divisas (envio de 500.000 dólares a um paraíso fiscal), sonegação (declaração do imposto de renda não conferem com outros dados bancários), lavagem de dinheiro (5 milhões de reais em fraude contábil) e estelionato. Quase um time de futebol inteiro de ações fraudulentas.

Mas o que diz o senhor Teixeira sobre tudo isso? Nada. Absolutamente, nada! "Por meio de sua assessoria de imprensa, notificou que não comentará o caso" da matéria veiculada pela BBC.

Silêncio absoluto e ensurdecedor. Por menos que isso, caem ministros de estado, membros da casa civil e presidentes de países entram em processo de impeachment. Viva o fair play!!!

11 comentários:

Elson Moura disse...

Só para provocar!!!!
E nós, caras de pau, roemos unhas, choramos, brigamos com companheiros(as)... até matamos pelo nosso amado time ou nossa amada seleção canarinho!!!
Pensemos o que existe por trás dos resultados que a amada imprensa jura de pé junto que não tem marmelada.
Abraços

Elson Moura disse...

Já ia esquecendo!
Welington! Me convida de novo para o "baba" de sábado de vocês. Lá que deve acontecer o esporte "valor de uso", sem esta sujeira.
Prometo nao fazer feio (se vou cumprir, são outros 500). Se meus 100 Kg começarem a pesar, vou para o gol; lá eu domino.kkkkk
Abraços

Pedro Paes disse...

Ricardo Teixeira é um dos homens mais sujos do esporte desse país. Se quisermos entender o motivo deste silêncio, basta voltar ao ano em que este Senhor aceitou negociar os direitos do futebol com a SBT, e a GLOBO imediatamente preparou um dossiê contra esta figura num Globo Repórter que foi dedicado exclusivamente às falcatruas e corrupções que este Sr. se envolveu e estava envolvido até então. Na mesma hora, o câncer do futebol brasileiro abriu negociações com a Globo, e fechou contrato com a emissora, inclusive concedendo exclusividade na cobertura da Seleção. Por sinal, o Dunga não quis nem saber e passou por cima. Para quem quer acompanhar o Globo Reporter da época, segue o link: http://www.youtube.com/watch?v=zZ4wwsZQMzM - E ainda tem gente que acha que o Morumbi foi vetado porque realmente não apresentou um projeto. É pura guerra política e de intere$$e$. Abs,

Welington disse...

Sinta-se convidado, professor. Independente dos seus 100 quilos (é só isso, mesmo?..rs), pode jogar. Até por que se vc não conseguir correr, vc pode rolar, tal como a bola do jogo. rsrsrs

Ulisses disse...

E viva o fair play! Tanto de Teixeira quanto de Araújo e Dias Júnior. rsrsrsrs
Professor, quero o convite para o jogo também. Prometo que corro mais do que Elson Dias

Welington disse...

Êpa! Que comparação, hem, Ulisses? Nosso fair play é completamente diferente do de Teixeira, companheiro, e sabe disso. Tá fora do jogo. Cartão vermelhor para vc.

Welington disse...

Caríssimo Pedro Paes. Muitíssimo obrigado pelo comentário e pela contribuição. Já coloquei o vídeo na página. IMPRESSIONANTES 8.000 e poucos acessos. Se colcoar algum gago falando, bate os duzentos milhões. É por isso, entre outras coisas, que este senhor continua a mandar no futebol brasileiro. Aliás, o fato dele se manter no poder dar a dimensão exata de como são os outros dirigentes.

Ulisses disse...

Ow mestre o Sr. entendeu errado. O viva no "tanto" e no "quanto" mencionei no sentido oposto. O fair play de Teixeira é no sentido de lastima, de jogo limpo roubo bonito.

Já o de vocês é no sentidno de compartilhar essa cultura corporal historicamente construida e como tal não a utiliza como forma de comercio (como teixeira), mas sim como forma de manifestar o que há de melhor no esporte.
Só não gostaria de ver Elson rolando como uma bola (apesar da forma geometrica do mesmo).

Mestre, libera essa cartão verde se não, não vai ter ninguém para colocar Elson na cara do gol.

Um forte abraço

River disse...

Ótima postagem. Só faltou falar um pouco mais do Havelange. Tá tudo em família.

Anônimo disse...

Meu amigo Wellington, é Rivelino.
Eu arquivei tudo que foi escrito e falado sobre as fraudes confirmadas de RICARDO TEIXEIRA. Agora já temos mais uma nova denuncia, a FIFA envolvida com propinas em relação a escolha do país sede da copa do mundo de 2022. É uma pena que ninguém nesse país toma providencia em relação a CBF. Como você colocou no seu blog.
Infelizmente poucos veiculos de comunicação divulgam esses fatos, eu gosto muito da ESPN, JORNAL O LANCE, LANCE NET. Porque eles fazem sempre comentarios sobre esses casos de corrupção.
Outra bomba que já está para explodir é o caso dos estádios para a copa do mundo, todos atrasados, infra estrutura atrasada, na verdade o governo vai no final dass contas ter que bancar tudo, com o nosso dinheiro é claro.

Wellington eu queria saber de você o seguinte?
Você está lendo o meu blog, se você está lendo eu queria saber o seu comentário
Um abraço do amigo Rivelino.

Leiam meu blog. http://rivelinosantos.wordpress.com/

Welington disse...

Olá, River. Tenho lido o seu blog sim, sempre que posso. Sempre me questionei sobre o fato de vc não ter pensado nisso antes, já que tinha/tem muitas informações sobre o esporte, principalmente o futebol. Gostaria muito que vc me mandasse o que tem sobre o Ricardo Teixeira para poder dar uma lida. Desejo-lhe muito sucesso no blog e sempre que puder, darei uma passadinha por lá. Abraços e parabéns, mais uma vez, pela iniciativa.